Blog

Entenda como funciona a Análise de risco e capital de giro - EM: Insights

Em: Insights Comentários: 0 Autor: Gabriel Data: 04 Oct 2016
analise-de-risco

Entenda como funciona a Análise de risco e capital de giro

 

Existem algumas estratégias imprescindíveis para o sucesso de uma empresa, a fim da excelência através dum planejamento bem pensado, resultando numa rotina com poucos ou, idealmente, nenhum erro. Nada pode estar fora do lugar: planejamento é a palavra-chave para o sucesso de um negócio, independente do tamanho de sua empresa.

Dois conceitos são fundamentais para o sucesso: a análise de risco e o capital de giro. São conceitos que conversam e, se bem alinhados, tornam-se a chave para um negócio rentável. O importante é considerar todos os erros possíveis, antecipá-los e ter sempre em mãos uma solução já pensada, pronta para ser posta em prática caso o pior aconteça.

análise

Na prática

O capital de giro é abrangente: está presente tanto em contas fixas, no caixa, considera os pagamentos a serem recebidos, entre outros. O cálculo se dá pela diferença entre o dinheiro circulante – ativos e passivos. Trata-se de um processo vantajoso, pois, quando bem administrado, ajudará na estabilidade financeira do seu negócio. Algumas das vantagens são: a possibilidade de pagar dúvidas de pronto, sem se tornar refém dos juros; negociar prazos de pagamento levando em conta o que a empresa precisa, etc.

Controlando bem o capital de giro, será possível ter em mãos dados claros sobre a superioridade dos lucros contra gastos (superávit), controlar os déficits e também monitorar o reflexo de compras. Para colocar esses cálculos no papel, porém, é preciso ter sempre em mente a análise de riscos, que é uma manobra indispensável para a saúde financeira da empresa a longo prazo.

A análise de riscos trabalha com as incertezas que compõem os negócios, seja na parte operacional (riscos que envolvem as pessoas) ou financeira (recai sobre o material e o mercado). Colocar esse procedimento em ação demanda planejamento e controle. É preciso saber com quem se está negociando, entender a situação do mercado (seja lá qual for o segmento da sua empresa) e somar tudo a fim de dados que permitirão a prosperidade do seu negócio – ou, ao menos, evitarão catástrofes financeiras.

Com o planejamento correto, através de estudos apurados, a análise de risco pode premeditar variações indesejáveis no fluxo de caixa – grosso modo, serve como um escudo para o seu negócio. Se há conhecimento sobre as armas do inimigo e noção das estratégias que eles utilizam, você terá maneiras diversas de planejar a defesa e o contra-ataque.

Agora que você conhece um pouco melhor sobre análise de risco e capital de giro que tal inscrever-se em nossa newsletter e ser o primeiro a saber das novidades que irão surgir no ERP Task?

Afinal, o que é e para que serve um sistema ERP?Detalhes para prestar atenção na hora de emitir uma nota fiscal

Deixe um comentário