Blog

Fazenda vai descontinuar o emissor gratuito de notas fiscais. E agora, o que fazer? - EM: Notícias

Em: Notícias Comentários: 0 Autor: Gabriel Data: 08 nov 2016
Impostos_Blog

Fazenda vai descontinuar o emissor gratuito de notas fiscais. E agora, o que fazer?

Algumas semanas atrás a SEFAZ-SP (Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo) notificou em seu site oficial a nota de que a partir de 2017, todos os aplicativos gratuitos para emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), serão descontinuados, e não receberão mais suporte.

A notícia preocupou empreendedores que trabalham com venda de produtos e utilizavam os softwares gratuitos disponibilizados pela Secretaria desde 2006, quando teve início o processo de informatização dos apontamentos fiscais.

A SEFAZ-SP justificou dizendo que a maioria dos contribuintes utilizam soluções pagas para a emitir notas eletrônicas, soluções estas que são incorporadas ou personalizadas ao sistema de gestão da empresa. Ao todo, estimasse que mais de 90% das pessoas jurídicas já faça uso de algum software terceiro. A secretaria diz ainda que, dentre os 10% restantes encontram-se, quase que em sua totalidade, micro e pequenos empresários.

A indicação da Secretaria é de que os empresários que contemplam a fatia que ainda não aderiu a alternativas para gerar suas notas procure soluções o quanto antes, para que haja tempo de adaptação dos processos internos e a medida não interfira no controle fiscal do negócio.

Sem dúvidas uma das opções mais completas e eficazes para este problema é a adesão a um sistema de ERP como o Task. O módulo de faturamento do Task permite que você emita notas eletrônicas em menos de um minuto, de maneira completamente integrada ao sistema de controle financeiro, permitindo que todo processo de venda seja armazenado e acompanhado com alto nível de confiabilidade e segurança.

GIF2

Para micro, pequenas e médias empresas, o ERP Task promete melhorar significativamente os processos internos e a tomada de decisões.

Se você ainda não sabe qual alternativa utilizar para continuar emitindo suas notas sem dor de cabeça, clique AQUI e entre em contato conosco para agendar uma demonstração!

 

Agora que esclarecemos um pouco mais sobre essa notícia que preocupou tantas empresas, que tal inscrever-se em nossa newsletter e ser o primeiro a saber das novidades que irão surgir sobre como escolher o melhor emissor de notas para sua empresa?

 

Erros comuns na gestão financeira que acabam com a maioria das empresasCobranças automáticas pelo ERP Task

Deixe um comentário